15

jul
2017

Novas Regras da ANAC

Posted By : Usina07/ 128

Conheça as novas regras da ANAC (Agência de Aviação Civil).

Desde o dia 29 de Abril de 2017, há novas regras vigentes da ANAC, trazendo mudanças para franquia de bagagem, as políticas de cancelamento, assistência para atrasos de voos entre outros.

Com as alterações as companhias estão autorizadas a cobrar pela bagagem, não sendo mais obrigados a oferecer a franquia de 23 kg para voos nacionais e dois volumes com até 32 kg para voos internacionais.

Com isso, você pode ser cobrado pelo serviço, da mesma maneira que é cobrado a taxa de embarque. Cada companhia aerea tem total autonomia para definir como é feito a cobrança e se será realmente feita.

Abaixo listamos as principais linhas aéreas, assim fica fácil de saber o que poderá ocorrer antes de pegar seu voou. Indicamos que antes de fechar qualquer viagem, fique atento para cada detalhe e cada taxa. As taxas abaixo podem ser alterados a qualquer momento, portanto verifique com sua linha aérea. Os números abaixo foram atualizados na data de 20 de Junho, 2017.

AZUL

Voos domésticos: a Azul mudou seus preços e passou a oferecer 2 opções de tarifas. A tarifa Azul, com passagens aéreas mais baratas e com uma taxa de R$ 30 por cada mala de até 23 kg despachada; e a tarifa MaisAzul, que mantém o mesmo preço de antes e inclui naturalmente uma bagagem de 23 kg.

Voos Internacionais: em voos para os Estados Unidos e para a Europa, é permitido levar 3 volumes de 23 kg na classe executiva e 2 volumes de 23 kg na classe econômica. Já para a América do Sul e Caiena, é permitido um volume de 23 kg na Tarifa MaisAzul.

GOL

Voos domésticos: a Gol terá nova classe tarifária promocional, chamada de tarifa Light, para clientes que aceitarem viajar só com a mala de mão. Se o cliente quiser despachar algum volume, pagará R$ 30 por cada mala de até 23 kg quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou R$ 60 quando o serviço for solicitado no balcão de check-in.

Voos Internacionais: a Gol cobrará por bagagens despachadas em viagens para o exterior. O peso máximo diminui para 23 kg e custará US$ 10 quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou US$ 20 quando solicitado no balcão de check-in.

LATAM

Voos domésticos: clientes que escolherem a Tarifa Promo e quiserem despachar suas malas devem pagar R$ 50 por volume despachado de até 23 kg.

Voos internacionais: em voos pela América Latina, o cliente terá direito a despachar uma bagagem de até 23 kg sem custos, e em outros voos internacionais, essa cota sobe para duas bagagens de até 23 kg.

LATAM também divulgou que os lanches passam a ser cobrados a parte, com o alvo de reduzir em até 20% o valor de suas passagens.

Alterações com Bagagem de Mão

A franquia antiga para bagagem de mão era de 5 kg e passou a ser de 10kg. Essa alteração está em vigor tanto para voos domésticos quanto internacionais.